Segunda, 10 de dezembro de 2018, 07:31h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XVIII - Número 637 dezembro - 2018

Fechar X

Ano XVIII - Número 637

dezembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Agronegcio - Edio IV 2018/11

Receitas

Pssego Trufado

Assine


Home Colunistas

Buenas...

2017-11-17 Coluna do JC

Arroio do Padre - Parabéns...

A merendeira Satiane Lacerda foi a 3ª colocada da Região Sul no concurso de melhores receitas da alimentação escolar, promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que visa valorizar os profissionais que promovem a alimentação saudável no ambiente estudantil.

Arroio do Padre - Turuçu - Morro Redondo - Canguçu

Municípios onde a colonização alemã é forte, nota-se um acréscimo de qualidade na educação. Alunos e professores empenham-se mais, tanto no ensinar, como no aprender. E sabemos de cor e salteado que o caminho para uma vida de qualidade começa por aí. Parabéns a todos.

SOS Ponche Verde

É um pedido de socorro. Está com um aspecto horrível, salas de aula em péssimo estado de conservação, o auditório, antes um orgulho da escola, hoje dá pena visitá-lo. A caixa d’água com sistema anti-incêndio existente na parte superior do teto foi totalmente desativada, atulharam a cacimba que fornecia água pra mesma e sumiram com os canos galvanizados, isso já faz um tempo. E esse mesmo tempo é o pior inimigo das coisas boas no meu Piratini. Aos poucos, perdem a devida importância, ficam de lado, dando lugar a um modernismo que pouco tem a ver com a Capital Farroupilha.

A genética

Na região da Campanha, terra de pelo duro, caras tisnadas e melenas chucras, vivia seu Conratd, olhos claros como água de cacimba e o cabelo cor do sol. Tinha como capataz o Dorvalino, gente flor de boa. Já perto do meio-dia, passou perto da velha figueira e se deparou com o mesmo tomando seu mate, só e silencioso, acabrunhado. Perguntou: - Que se passa, vivente? Que cobra te mordeu? Dorvalino roncou o mate, olhou o patrão e falou num falar de trote manso: - Como é que não vou estar abichornado? Eu, retinto. A patroa, retinta, da cor da noite escura. Nasce um piá com os cabelos que até parecem ‘paia’ de trigo e os ‘óios’ tais quais da cor dos seus. O patrão parou, pensou e mandou: - Não há, no meio das ovelhas brancas, de vez em quanto, uma preta? - Que há, há, concordou o peão. - Pois é a genética, é a genética, homem. Dorvalino olhou bem o patrão, sendo taxativo: - Pois olha seu Conratd, então vamo fazer um trato, em nome dessa tal de genética. Eu não como mais as suas ovelhas e o senhor não come mais a minha patroa, feito?

(Do livro Cavalo Verde - Luis Coronel)

Comentários (0)





Fechar  X

Coluna do JC




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Jotac

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados