Segunda, 25 de março de 2019, 00:46h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 652 março - 2019

Fechar X

Ano XII - Número 652

março - 2019


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial de Aniversário de Arroio Grande 2019/03

Assine


Home Cultura e turismo

Cultura e Turismo

08-01-2019

Secretário de Piratini reclama de vandalismo e admite necessidade de vigilância no balneário Carlos Carvalho


Foto: Reprodução/Arquivo Balneário é frequentado pela população piratiniense e visitantes de outros municípios

Com o início da temporada de verão, o Balneário Carlos Carvalho, conhecido popularmente como “Passo da Vila”, é o local mais buscado pelas famílias, seja para se refrescar, ter um final de semana de lazer ou para acampar no camping que integra a estrutura.


A Secretaria de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer busca, principalmente na estação mais quente do ano, reeducar os visitantes para que mantenham o ambiente limpo, o que tem gerado bons resultados. Porém, um problema recorrente durante o ano ainda precisa ser sanado: os furtos  e a destruição.  O secretário Fladimir Gonçalves diz que são incontáveis as trocas da louça e caixas de descarga dos sanitários, o que leva a reclamações dos visitantes. “O vandalismo os furtos são gigantes”, afirma.



Para esta temporada, novamente a área do balneário e do camping foi recuperada, mas o secretário admite que as melhorias ainda estão distantes do projetado pela prefeitura.


“Novamente recuperamos as churrasqueiras, renovamos a iluminação e os banheiros, mas temos consciência que o balneário poderia estar melhor. Uma parcela significativa para isso não ter se tornado realidade é exatamente a destruição constante das melhorias que realizamos”, reclama Gonçalves.


Ele admite que implantar um sistema de vigilância em tempo integral para zelar pelo local destino de milhares, inclusive visitantes de outros municípios, é o ideal, mas que isso é algo ainda distante.


“Para colocarmos vigias durante as 24 horas do dia seria necessário contratar, no mínimo, seis pessoas, pois precisamos levar em conta as folgas que eles têm direito. No momento o índice da folha de pagamento da prefeitura está no limite, o que nos impossibilita tal ação. Com isso, a saída para mantermos o local atrativo, limpo e livre de destruição é a educação”, finaliza.


Redator: Tradição Regional



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Secretário de Piratini reclama de vandalismo e admite necessidade de vigilância no balneário Carlos Carvalho





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Secretário de Piratini reclama de vandalismo e admite necessidade de vigilância no balneário Carlos Carvalho


Enviado com sucesso!

ok

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados