Quarta, 20 de fevereiro de 2019, 08:53h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 647 fevereiro - 2019

Fechar X

Ano XIII - Número 647

fevereiro - 2019


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial Expofesta da Melancia de Pedro Osrio 2019/02

Assine


Home Cultura e turismo

Cultura e Turismo

08-02-2019

EXPOFESTA MELANCIA: O sabor da melancia também em vinhos e licores artesanais


Foto: JTR O casal Aldo e Maria Helena Barbosa afirma que a festa uma oportunidade de conhecer pessoas e divulgar produtos

Que a melancia é uma fruta versátil já se sabe, mas vinho de melancia é uma novidade e deve ser apresentada durante a 18ª Expofesta Regional da Melancia pelo casal pedro-osoriense Aldo Verneti da Rosa Barbosa e Maria Helena de Souza Barbosa. O vinho fino branco meio seco está em fase de maturação e reservado especialmente para o evento. Para o casal, a Expofesta da Melancia é um “momento fantástico”, em que podem interagir não apenas com visitantes da região, mas do Brasil e também do exterior. “Felizmente, a festa se tornou famosa. E nos proporciona conhecer pessoas e divulgar nosso produto”, afirmam.


Eles já são velhos conhecidos dos frequentadores das feiras de hortifrutigranjeiros, realizadas na praça central, aos sábados pela manhã, pelos seus vinhos e licores dos mais diversos tipos de frutas e pelo hidromel. São populares também no Mercado Livre (vendas pela internet), especialmente entre os consumidores de São Paulo. Segundo Barbosa, os paulistas são os maiores compradores do vinho de laranja. 



O casal é empreendedor, mas Barbosa insiste que a atividade é apenas um hobby, aprendido ainda na infância com a mãe, exímia produtora de licores caseiros para o consumo da família. Militar aposentado há dois anos, a produção começou há 20, com o famoso Campari, feito com a erva Absinto, mais conhecida como losna. Foi a forma encontrada por ele para desestressar, relaxar após a atividade puxada que é a vida de um soldado da Brigada Militar.


“Não tenho uma produção em grande escala. O meu maior prazer é ver os resultados”, diz Barbosa. De acordo com ele, o segredo é não inventar, mas manter a tradição caseira e seguir a receita como ela é.


A atividade já resultou em pelo menos quatro tipos de vinhos (maracujá, laranja, bergamota e melancia) e um em processo de envelhecimento, de limão siciliano.


Os licores já são mais de 20: nêspera, nectarina, jabuticaba, butiá, morango, flor de laranjeira, limão, casca de limão, pera, araçá, amora, pitanga de jardim, pêssego (da polpa e do caroço), entre outros. São tantos que cobrem uma parede na residência do casal. As frutas, na sua maioria, são colhidas no pátio da casa, conta Maria Helena. Todo o processo é artesanal, da produção ao engarrafamento. Até mesmo as etiquetas são feitas por eles. Inclusive, utiliza embalagens recicladas e enfeitadas, destinadas para aquelas “bebidas mais exóticas”, diz.


No preparo do hidromel, ele faz questão de afirmar que sua receita é tradicional. “Trata-se da bebida mais antiga que existe, o fermentado de mel, fabricado pelos famosos vikings”, ressalta. E garante, não usa clarificantes, nem conservantes, apenas a decantação natural. “Quanto mais tempo, melhor”, explica, destacando ser praticamente o mesmo processo do vinho. “Os primeiros a serem fabricados foram os de laranja e bergamota, de preferência a Montenegrina, que se aproxima mais da nossa, nativa”.


Contatos podem ser feitos pelo e-mail avrbarbosa@yahoo.com.br ou pelos telefones (53) 3255-2127 e 98464-7041.


Redator: Tradio Regional



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

EXPOFESTA MELANCIA: O sabor da melancia também em vinhos e licores artesanais





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

EXPOFESTA MELANCIA: O sabor da melancia também em vinhos e licores artesanais


Enviado com sucesso!

ok

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados