Sábado, 05 de setembro de 2015, 00:37h


Publicidade

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano X - Número 468 setembro - 2015

Fechar X

Ano X - Número 468

setembro - 2015


Galerias

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Especial Colono e Motorista 2015/07

Assine


Home Cultura e turismo

Cultura e Turismo

04-09-2015

Expointer 2015: Freio de Ouro, sustentabilidade e agricultura familiar


Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC Freio de Ouro 2015: Na categoria macho o vencedor do Freio de Ouro foi o cavalo JA Libertador, do criador José Antônio Anzanello e Condomínio JA Libertador

A competição foi acirrada durante todas as etapas, mas ao final da disputa do Freio de Ouro, a égua Jotace Utopia, da Cabanha Jotace, de Barra do Quaraí, levou para casa o Freio de Ouro 2015, na categoria fêmea. Do criador João Jurassi Cantarelli, de Uruguaiana, e mesmo expositor, ela foi montada pelo ginete Raul Lima e seu domador foi Everaldo Silveira.


Entre os machos, JA Libertador, do criador José Antônio Anzanello, dos expositores José Antônio Anzanello e Condomínio JA Libertador, foi o grande vencedor do Freio de Ouro. Da Fazenda Santa Edwiges, de São Lourenço do Sul, o cavalo obteve nota máxima de 21,530. O animal foi conduzido pelo ginete Milton Castro que, por oito vezes, foi o melhor ginete da competição. JA Libertador foi Bocal de Ouro, assim como Jotace. Anzanello conta que JA Libertador é um cavalo muito jovem e entrou na competição porque o animal selecionado pelo criatório morreu. “Nós tivemos de improvisar e ele respondeu de forma maravilhosa, acho que era pra ser dele”, disse o criador.



Energia solar é alternativa para a propriedade rural


Neste ano, a Emater/RS-Ascar apresenta algumas das possibilidades de aproveitamento da energia solar nas propriedades rurais. No espaço que a instituição compartilha com a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Cooperativismo (SDR) na Feira estão montados dois sistemas fotovoltaicos, que transformam a energia gerada pela luz solar em elétrica, sendo apresentados um sistema autônomo e outro conectado. Ambos os sistemas podem ser instalados na propriedade rural, sendo que o autônomo independe da rede elétrica convencional, utilizando baterias para o armazenamento da energia gerada pela luz do sol, que pode ser utilizada para bombear água ou alimentar sistema de resfriamento de leite durante as quedas de energia, por exemplo. Já o sistema conectado é ligado na rede elétrica.


Para instalar os sistemas é preciso um local com boa insolação para o lado norte, sem arborização próxima para que a luz solar possa atingir as placas e a elaboração de um projeto técnico por um eletricista. Existe a possibilidade de financiamento em até 12 anos, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Eco. A parcela temática destinada à energia fotovoltaica é uma parceria da Emater/RS-Ascar com as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) e a Desenvolt Energia Sustentável.


Vendas da agricultura familiar já superam R$ 1 milhão


O Pavilhão da Agricultura Familiar superou R$ 1 milhão em vendas em cinco dias de feira. Até a quarta-feira (2), a Emater/RS-Ascar apurou um acumulado de R$ 1.010.691,96 em negócios, representando acréscimo de 7,37% em relação ao mesmo período do ano passado. A Feira da Agricultura Familiar na Expointer é realizada pela SDR e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em parceria com Emater-Ascar/RS, Fetag/RS, Fetraf/RS, Coceargs e Via Campesina.


Este ano, os organizadores solicitaram aos expositores que contassem a sua história. Foram apresentados 21 relatos que falam um pouco da trajetória de algumas das 239 agroindústrias que participam da Expointer. Dessas, três foram escolhidas e mais votada entre o público receberá o prêmio Destaque - Histórias da Agroindústria Familiar.


A 38ª Expointer acontece até domingo (6), no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS.


Público e comercialização


A Expointer registrou um público de 40.491 pessoas na tarde de quarta-feira (2). Desde sábado (29), 236.946 pessoas já passaram pelas bilheterias do Parque Assis Brasil. A comercialização de animais já soma R$ 10.907.850,00. Já no Pavilhão do Artesanato, os negócios alcançaram R$ 365.763,20.


*Emater/RS-Ascar e Expointer


Redator: Assessoria de Imprensa



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Expointer 2015: Freio de Ouro, sustentabilidade e agricultura familiar





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Expointer 2015: Freio de Ouro, sustentabilidade e agricultura familiar


Enviado com sucesso!

ok

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados