Sexta, 15 de dezembro de 2017, 12:03h


Publicidade

Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 586 dezembro - 2017

Fechar X

Ano XII - Número 586

dezembro - 2017


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 91 Expofeira Pelotas 2017/10

Receitas

Bolo de Caneca

Assine


Home Policial

Policial

14-12-2017

Justiça condena professora de Pedro Osório por estupro de vulnerável contra uma aluna


*Informações de Evaldo Gomes 


Na última semana, uma professora do município foi condenada a 15 anos de reclusão pela prática de estupro de vulnerável contra uma aluna, ocorrido durante o ano de 2012. O caso foi denunciado pela mãe da adolescente, que na época, estava com 13 anos. 



A princípio, o relacionamento iniciou na escola. A mãe, desconfiada do comportamento, instalou um programa espião para ter acesso às conversas que a menor mantinha com a professora. Em uma delas, disse que “rolava na cama pensando na adolescente”. Conforme a denúncia, a docente começou a realizar encontros sexuais com a menina no Camping Municipal de Pedro Osório. 


Nessas ocasiões, no interior do veículo, a professora beijava a boca da menor, passava as mãos nos seios e órgãos genitais. A adolescente seria estimulada a acariciá-la de forma recíproca. 


Logo após abertura do processo, a professora foi exonerada do cargo. Para a mãe da vítima, a educadora se aproveitou da hierarquia e da influência sobre a menina para praticar os abusos. Além dos encontros sexuais, houve troca de fotografias em poses sensuais, mensagens eróticas, cartas e até alianças de compromisso. 


“Eu quero falar para que as mães fiquem alertas com seus filhos. Aconteceu comigo. Se eu não tivesse percebido, sei lá o que poderia ter acontecido porque essa pessoa estava obcecada pela minha filha”, comentou. 


Nas conversas entre a menor e a professora, a mulher pedia que a adolescente não contasse sobre a relação. A docente disse, inclusive, na época, que deixaria o marido para ficar com a vítima. Pelo Facebook, a professora fazia a aluna prometer que nunca iria tirar a aliança do dedo. “É preciso denunciar. Casos como esse não podem ficar impunes”, completou a mãe da vítima, que hoje tem 18 anos. 


O advogado de defesa, Antônio Ernani Pinto Filho, garante que ainda não teve acesso a sentença, mas tem conhecimento do teor condenatório, podendo a ré recorrer da decisão em liberdade. Ele afirma, ainda, que deve discutir a decisão nos tribunais. 


Procurada, a secretária municipal de Educação, Margareth Fiori, disse que não iria se manifestar sobre o assunto, uma vez que o caso teria ocorrido em outras gestões e, por isso, não teria o que falar. A diretora da escola em que a acusada trabalhava também preferiu manter o silêncio por não ter atuado naquele período.


Fonte: Tradio Regional



Justiça condena professora de Pedro Osório por estupro de vulnerável contra uma aluna


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Justiça condena professora de Pedro Osório por estupro de vulnerável contra uma aluna





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Justiça condena professora de Pedro Osório por estupro de vulnerável contra uma aluna


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados