Sábado, 16 de dezembro de 2017, 14:52h


Publicidade

Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 586 dezembro - 2017

Fechar X

Ano XII - Número 586

dezembro - 2017


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 91ª Expofeira Pelotas 2017/10

Receitas

Bolo de Caneca

Assine


Home Policial

Policial

16-11-2017

Piratini: Briga generalizada termina com morte de menor


Foto: Divulgação Faca utilizada para cometer o crime

Com 17 anos, algumas passagens pela polícia e Conselho Tutelar, e, segundo o delegado Rafael Brodbeck, uma pessoa fria que durante as várias horas em que permaneceu na Delegacia de Polícia Civil, calada ou se manifestando, não demonstrou arrependimento pelo que havia feito.


Assim, Brodbeck descreveu a menor, P.S.F., que atacou com uma faca de cozinha, de 20 centímetros de lâmina, o menor Elian Machado da Rosa, de 16 anos, que também possuía passagens pela Polícia. “Segundo as testemunhas, ela o atacou quando ele estava no chão já sem o pedaço de madeira com o qual, momentos antes, a vítima havia tentado agredi-la. A princípio, não há uso excludente de legítima defesa”, comentou o delegado.



O crime ocorreu na rua Heitor Sória, em uma casa onde muitos menores se reuniam para beber. Nessa residência, ocorreu uma briga generalizada entre eles. O motivo, conforme a polícia, teria sido o furto de um celular. Os detalhes ainda não estão bem esclarecidos, mas, depois que a briga cessou e Elian estava sem o pedaço de madeira e deitado no chão, a autora desferiu, a princípio, três facadas, o que somente a perícia poderá confirmar.


O fato é que uma delas atingiu a perna e, por consequência, a veia femoral, provocando uma significativa hemorragia que deixou marcas de sangue no solo. Os demais adolescentes acionaram o Samu, que, junto com a Brigada Militar, conduziu o menor ao Pronto Atendimento, local que veio a falecer.


A autora do assassinato foi presa logo a seguir. “Ela estava extremamente fora de controle. Tentou agredir os brigadianos, que necessitaram da ajuda do corpo de enfermagem para contê-la, inclusive com ataduras”, conta Brodbeck, que ampliou dizendo estar convencido da culpabilidade da jovem, até por ter confessado o homicídio. Até o fechamento desta edição, a Promotoria de Justiça não havia decidido se requisitava ou não a internação.


Fonte: Tradição Regional



Piratini: Briga generalizada termina com morte de menor


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Piratini: Briga generalizada termina com morte de menor





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Piratini: Briga generalizada termina com morte de menor


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados