Sábado, 16 de dezembro de 2017, 14:49h


Publicidade

Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 586 dezembro - 2017

Fechar X

Ano XII - Número 586

dezembro - 2017


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 91ª Expofeira Pelotas 2017/10

Receitas

Bolo de Caneca

Assine


Home Policial

Policial

23-11-2017

Piratini: Delegado fala sobre as investigações do assalto ao Supermercado Weege 


Foto: Nael Rosa/JTR Delegado afirmou não ter elementos para a prisão

Em coletiva de imprensa na manhã de quarta-feira (22), o delegado Rafael Brodbeck deu outros detalhes do interrogatório do único suspeito preso após o assalto. Ele contou que, com a ajuda de uma câmera instalada em uma casa noturna próximo ao Supermercado, o serviço de inteligência da Polícia Civil obteve os dados do proprietário do veículo usado na fuga, assim como o endereço: uma propriedade rural situada no 1º Distrito da cidade.


“Quando examinamos o carro o motor estava quente, então, questionamos à senhora que ocupa a residência se o veículo havia sido usado naquele dia. A resposta foi negativa. Requisitei então quem eram os filhos e ela nos forneceu o telefone dele”, relatou o delegado. Ele conta que foi então efetuada uma ligação para o número concedido e que o filho, informado sobre o que havia ocorrido, alegou estar em Pelotas, mas que iria ao encontro das autoridades, o que realmente fez e, antes mesmo de completar o percurso, acabou preso.



“Não tenho nenhum motivo para acreditar na versão dada por ele, que alegou ter sido mais uma vítima dos assaltantes. Disse que não sabe o que aconteceu após eles saírem do carro, que não os conhece e que foi obrigado a dirigir. Não determinei sua prisão porque nessa história, por enquanto, temos apenas um carro e um condutor que quando requisitado veio até nós, assim, nos faltou elementos para aprisioná-lo”, explicou.


O fato de o suspeito não ter acionado a Brigada Militar depois que, supostamente, foi liberado pelos bandidos e de sua mãe ter mentido em relação ao automóvel aumentam as desconfianças de Brodbeck. Ao finalizar, ele tem certeza que os criminosos fizeram um levantamento prévio do local, com a possibilidade de ajuda de alguém da cidade, pois sabiam o funcionamento e rotina, o que permitiu uma ação rápida que durou, no máximo, três minutos.


O fato de terem praticado o crime de cara limpa dá ao titular possibilidades. “Foi audácia ou desespero, ou os dois. Além disso, as imagens mostram um deles ordenando que os reféns sigam para uma direção e, logo a seguir, para outra, o que pode significar falta de experiência nessa modalidade de assalto”, concluiu.


Fonte: Tradição Regional



Piratini: Delegado fala sobre as investigações do assalto ao Supermercado Weege 


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Piratini: Delegado fala sobre as investigações do assalto ao Supermercado Weege 





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Piratini: Delegado fala sobre as investigações do assalto ao Supermercado Weege 


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados