Quinta, 16 de agosto de 2018, 07:08h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 620 agosto - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 620

agosto - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 161 anos de Canguu 2018/06

Assine


Home Policial

Policial

29-01-2018

BM de Piratini irá fiscalizar uso de dispositivos de segurança para transporte de crianças   


Foto: Nael Rosa/JTR Comandante diz que fiscalizao ter aumento no permetro urbano

A partir de fevereiro, a Brigada Militar, que em Piratini corresponde ao 4º Pelotão, começará a autuar motoristas de veículos particulares que estiverem transportando crianças de 0 a 10 anos em desacordo com duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que permitem ao policial, também no perímetro urbano, penalizar com multa gravíssima - cerca de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) -, o condutor que não usar os mecanismos de segurança.


Depois que os mecanismos foram criados e exigidos, reduziram as mortes dessa faixa etária em 71% e internações 69%, sendo eles fundamentais para a segurança, como afirmou o tenente Carlos Ricardo Volz Müller, comandante da BM local, juntamente com o soldado Daniel Pedra.



“Atendemos uma ocorrência, recentemente, em que dois carros se chocaram de frente. Quando chegamos ao local, a criança estava sentada na cadeirinha brincando e sorrindo. Isso é a prova de que funciona”, argumentou Pedra.


Já o comandante frisou que, muitas vezes, o dispositivo exigido está em casa e até no próprio carro, mas a criança trafega sem proteção. “Temos que aplicar a legislação, baseado no artigo 168 do Código de Trânsito Brasileiro. Lamento não estarmos em período de ano letivo, pois a intenção é desenvolver uma cartilha de orientação também sobre o assunto para levar a educação no trânsito até às escolas”, disse Müller. 


Ele acrescentou que para quem não sabe usar o bebê conforto, a cadeirinha e o assento de elevação, poderá contar com o apoio da corporação, indo até o Pelotão para que tenham as instruções necessárias. 


O comandante também chamou a atenção para as exceções, que são para veículos automotores fabricados na década de 1970, caminhonetes de banco único, e dos nos anos 1980, como Saveiro, e atualmente outros utilitários que também tenham um só banco. 


Nesses casos, os dispositivos de segurança devem ser instalados mesmo que a criança trafegue na parte da frente, mas o proprietário deve procurar alguém capacitado para trocar o cinto de duas para três pontas.


Outro ponto importante são os táxis ou veículos de lotação que estão isentos de ter que disponibilizar os dispositivos para os passageiros dessas faixas.


Na questão da punibilidade, Pedra citou as estatísticas mórbidas do trânsito brasileiro que justificam a rigidez das autoridades competentes na fiscalização e autuação.


“A física explica e comprova: numa colisão frontal a 30 quilômetros, o que estiver solto dentro do carro será arremessado ao dobro dessa velocidade. Vale lembrar que a cada 15 minutos um brasileiro perde a vida o trânsito, e a cada 60 segundos uma pessoa é mutilada, então, mais grave que a multa e os pontos na carteira são o que um acidente poderá acarretar para seu filho”, concluiu.


Novas regras:


Bebê conforto: Para crianças de 0 a 2 anos- posicioná-lo de costas para o motorista


Cadeirinha: Para crianças de 2 a 4 anos


Assento de elevação: 4 a 7,5 anos


De 7, 5 anos até 10 anos: Crianças devem ocupar o banco traseiro e utilizarem o cinto de segurança.


Fonte: Tradio Regional



BM de Piratini irá fiscalizar uso de dispositivos de segurança para transporte de crianças   


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

BM de Piratini irá fiscalizar uso de dispositivos de segurança para transporte de crianças   





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

BM de Piratini irá fiscalizar uso de dispositivos de segurança para transporte de crianças   


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados