Sábado, 16 de dezembro de 2017, 14:50h


Publicidade

Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 586 dezembro - 2017

Fechar X

Ano XII - Número 586

dezembro - 2017


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 91ª Expofeira Pelotas 2017/10

Receitas

Bolo de Caneca

Assine


Home Saude

Saúde

01-12-2017

Secretário de Saúde de Piratini diz que futuro da ESF no Brasil é incerto

Foto: Nael Rosa/JTR Gestor disse que as despesas são muito superiores aos repasses

Fazer a prevenção de doenças que possam surgir em famílias é o objetivo principal de um programa do governo federal, criado em 2003, que é responsável por uma queda em patologias comuns ou graves, principalmente onde residem pessoas com renda mínima ou até inferior a necessária. 


Quando não é possível evitar o surgimento, providenciam-se através de uma estrutura criada nas cidades, no caso de Piratini, os postos de saúde, o tratamento em busca da cura.



Este é o resumo da Estratégia de Saúde da Família (ESF), que é motivo de preocupação para o secretário de Saúde, Diego Espíndola, que atualmente também ocupa o cargo de presidente do Conselho Estadual dos Secretários de Saúde do Estado (COSEMS/RS).


Ocorre que, conforme o gestor, está aberto um debate nas esferas superiores, Estado e União, para impedir que o programa termine.


“O repasse das duas esferas citadas acima continua sendo de R$ 12 mil. Não é corrigido conforme as despesas. Hoje, para mantermos um médico cubano, duas enfermeiras, uma dentista e tudo mais que se faz necessário para a estrutura, são gastos entre R$ 24 mil e R$ 30 mil por mês. Assim, acaba sobrando para as prefeituras, que já não tem de onde tirar” desabafou Espíndola.


Em Piratini, são quatro ESF, duas delas em bairros com populações mais carentes: Padre Reinaldo e Cancelão e em todos, o trabalho começa a partir da visita de um agente de saúde, que faz todo um levantamento da situação dos residentes e leva os dados para discussão no grupo e, se com tendência à alguma doença ou portadores delas, são orientados a frequentar o posto para a seguir o consultório médico.


“O objetivo principal é evitar problemas como câncer, diabetes, hipertensão e, na ESF, ainda são formados grupos de gestantes que passam a ser acompanhadas e isso, dá mais segurança e qualidade à gestação, diminui as consultas no Pronto Atendimento e consequentemente, as internações hospitalares”, explicou o secretário que completa: “Do jeito que está à política nacional vão nos “matar” por asfixia. Corremos, inclusive, o risco de perdermos os médicos cubanos”, finaliza.


Redator: Tradição Regional



Secretário de Saúde de Piratini diz que futuro da ESF no Brasil é incerto


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Secretário de Saúde de Piratini diz que futuro da ESF no Brasil é incerto





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Secretário de Saúde de Piratini diz que futuro da ESF no Brasil é incerto


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados