Terça, 25 de setembro de 2018, 10:15h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 626 setembro - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 626

setembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial Semana Farroupilha 2018 2018/09

Receitas

Bolo Brownie

Assine


Home Variedades

Variedades

14-09-2018

Piratini: Samu reforça orientações para população local


Foto: Nael Rosa/JTR Equipe do Samu de Piratini conta com dez profissionais

A partir de uma ligação telefônica, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) começa uma corrida contra o tempo para salvar uma vida. Porém como e quando inicia o atendimento ainda é incompreensível para muitos. 


Conforme a enfermeira emergencista e responsável técnica do Serviço em Piratini, Hanaí Maruri, de 26 anos, que desde 2015 vive o cotidiano da central, são nove pessoas que integram a equipe - quatro técnicas em Enfermagem e cinco condutores socorristas. 



“O Samu é um serviço público gratuito disponível 24 horas à população, que somente entra em ação com a liberação da Central Reguladora, situada em Pelotas, cidade para onde é direcionada a chamada que as pessoas fazem ao ligar para o número 192, o que é importante salientar, porque muita gente ainda acha que quando liga, somos nós que atendemos”, explica a responsável, ressaltando que a autorização para atender o caso se dá quando o ocorrido é uma emergência ou urgência. 


Ela destaca a importância de fornecimento da maior quantidade de detalhes ao acionar o serviço, quando é necessário responder as perguntas realizadas pelo Técnico Auxiliar de Regulação Médica (TARME), que auxilia o médico, recebendo as informações e passando a falar com quem está no telefone.


Deste momento em diante para o médico, é crucial ouvir os questionamentos, responde-


los com clareza e fazer aquilo que o profissional orienta, pois ele diz como proceder com a pessoa que necessita de cuidados enquanto a unidade não chega. 


“No calor de uma situação grave, é normal o desespero ao telefone, mas para quem está do outro lado da linha, detalhes como o endereço correto para que a ambulância chegue o mais rápido possível é de extrema importância”, explica a enfermeira.


Para o estresse da cena, que muitas vezes envolve os familiares ou populares em desespero, é necessário preparo técnico e psicológico, atributos que Hanaí garante em sua equipe, uma vez que os integrantes são profissionais prontos para enfrentar situações adversas.


“Estudamos, nos capacitamos, gostamos e temos segurança no que fazemos, assim, estamos aptos a atuar em situações complexas, inclusive, na qual muitas vezes não teremos ajuda, pois nossa realidade é de um município extenso com relação à zona rural”, disse.


 

Redator: Tradição Regional



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Piratini: Samu reforça orientações para população local





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Piratini: Samu reforça orientações para população local


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados