Segunda, 15 de outubro de 2018, 21:18h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 629 outubro - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 629

outubro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 92ª Expofeira Pelotas 2018 2018/10

Receitas

Torta de limão

Assine


Home Variedades

Variedades

10-10-2018

Serviço de transporte coletivo rural de Pelotas tem concorrente


Foto: Marcel Ávila/Assessoria de Imprensa A Comissão Especial de Licitações, vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e o Secretário de Transporte e Trânsito (STT), Flávio Al-Alam em reunião

A contratação de empresa para operação dos serviços públicos de transporte coletivo de passageiros na zona rural de Pelotas pode estar se encaminhando para confirmação. A Comissão Especial de Licitações, vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), recebeu os envelopes com as propostas financeira e de habilitação do empresário Everton da Cruz Santos, nesta terça-feira, como licitante da Concorrência nº 06/2018.


O processo se dá nos termos das leis 8.987/1995, nº 8.666/93 e nº 12.587/2012, que versam sobre a Política Nacional da Mobilidade Urbana, bem como a Lei Municipal nº 5.854/2011, sobre Política Municipal de Gestão do Transporte Coletivo Municipal, na modalidade convencional, por veículos de transporte coletivo de passageiros, incluindo as linhas atuais e as futuramente criadas ou modificadas no território do Município.



A ordem de abertura dos envelopes, convencionalmente iniciada pela proposta de habilitação (documentos), foi invertida. A Comissão abriu, primeiro, o da proposta financeira, com apresentação, pelo licitante, da tarifa de remuneração de R$ 7,32 – dentro do estabelecido pelo Edital de Licitação –, e o valor inicial do contrato de R$ 3,4 milhões.


O processo de licitação do transporte rural visa assegurar o pagamento da tarifa, pelo usuário, igual à cobrada nos coletivos das linhas urbanas: R$ 3,35, hoje. A tarifa de remuneração é a parte repassada pelo Poder Público para complementação das despesas de prestação dos serviços para as linhas da colônia.  


A sessão pública da Comissão de Licitações foi presidida por Camila Ferreira Pereira e prestigiada pelos membros Charles Pereira’, Pablo Crespi e Luciano Gomes.  


“Agora, será feita a análise do demonstrativo de custos (planilha de cálculo) apresentado pelo licitante na proposta financeira. Se aprovado, marca-se a data para abertura do envelope de habilitação, que deve conter todos os documentos exigidos no processo”, informa o secretário de Transporte e Trânsito (STT), Flávio Al-Alam, que acompanhou a reunião da Comissão, junto com servidores da Secretaria.


Da publicação do Edital, em 31 de agosto, até a última quinta-feira (4), três interessados realizaram visita técnica à STT. A visita é uma exigência do processo de licitação e é o meio pelo qual são dirimidas todas as dúvidas sobre o serviço a ser prestado. Das visitas, a Secretaria emite atestado, que tem que ser apresentado junto com a documentação, caso o visitante passe a licitante.


Duas concorrências anteriores, tendo como objeto o transporte de passageiros da zona rural, realizadas neste ano, foram desertas. Para esta, a terceira, foram ajustados alguns itens do Edital. Se aprovadas as propostas financeira e de habilitação do concorrente Everton da Cruz Santos, ele será declarado vencedor do processo.


Redator: Assessoria de Imprensa



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Serviço de transporte coletivo rural de Pelotas tem concorrente





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Serviço de transporte coletivo rural de Pelotas tem concorrente


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados