Terça, 20 de novembro de 2018, 10:21h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XVIII - Número 634 novembro - 2018

Fechar X

Ano XVIII - Número 634

novembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 80ª Expofeira de Arroio Grande 2018 2018/11

Assine


Home Variedades

Variedades

29-10-2018

Campanha Gaúcha e Costa Doce unidas: vinhos e doces são harmonizados pela primeira vez em Pelotas


Foto: Gustavo Mansur Cerca de 130 pessoas degustaram as combinações de 12 doces pelotenses com dez vinhos e quatro espumantes, que aconteceu no espaço da Point Eventos

Harmonizar os vinhos da campanha gaúcha com os tradicionais doces pelotenses foi um trabalho que durou cerca de três meses, culminando na apresentação das harmonizações ao público na noite de (25). Cerca de 130 pessoas degustaram as combinações de 12 doces pelotenses com dez vinhos e quatro espumantes, que aconteceu no espaço da Point Eventos. Além das degustações, o evento contou com apresentações do Coral Juvenil do Conservatório de Musica de Pelotas e do músico Ítalo Silva.


A proposta inovadora de harmonização entre vinhos da campanha e os doces pelotenses, nasceu de um projeto piloto sonhado e idealizado pelo Enólogo e Mestre em Educação, Maicon Farias Vieira, que, enquanto professor, uniu forças com uma de suas alunas para colocar em prática uma breve harmonização. “Fizemos este projeto piloto, mas com poucos vinhos, através de uma parceria com um restaurante e uma doceria. Ali já percebemos grandes possibilidades, mas bem diferentes daquelas que os livros dizem”, conta.



Durante os três meses de trabalho, quatro pessoas estiveram envolvidas no processo de escrita e degustação das combinações, bem como no desenvolvimento do projeto final e realização do evento com as entidades parceiras. “Os doces pelotenses são difíceis de harmonizar pela grande quantidade de gema e açúcar, mas ao final do processo conseguimos ter vinhos brancos, tintos, roses e espumantes brancas e roses também”, afirma Maicon.


O responsável pela Ápice Representações e Formação Intelectual, ressalta ainda que a proposta teve como incentivo inicial as suas percepções individuais sobre o consumo dos doces na região: “Em Pelotas os doces são muito consumidos com espumantes Brut ou Demi-sec. Nossa ideia era mostrar ao contrário, que qualquer vinho pode ser harmonizado, basta a tentar a experimentação”.


Harmonização como potencializadora de produtos regionais


Responsável por apoiar os micro e pequenos empreendedores, o SEBRAE apostou na iniciativa de harmonização por acreditar no potencial de ambos os produtos e seus empreendedores. É o que afirma a Gestora de Projetos de Turismo no SEBRAE/RS, Jussara Argoud: “Nós apoiamos o desenvolvimento da micro e pequena empresa, então pra nós é muito importante quando fazemos um evento para promover o negócio desses produtores. Esse evento é inédito, pois ninguém nunca tinha realizado a harmonização de vinhos e doces, e pela adesão do público, acredito que ainda faremos muitos mais”.


Fundada em 2010, a Associação Vinhos da Campanha, através de dez associadas, patrocinou a realização da harmonização e, segundo a sua presidente Clori Giordani Peruzzo, acredita no potencial da união entre os produtos. “Estou encantada por que percebemos que é um nicho de mercado ainda não explorado, e que juntou as melhores coisas: vinho e doces pelotenses, que além de famosos são deliciosos. Não tenho duvida que um trabalho bem feito em cima desse binômio vinho x doce vai ter um sucesso muito grande, inclusive já temos ideias de levar pra outros rincões do RS e Brasil, para mostrar essa combinação gostosa dos vinhos da campanha com os doces de Pelotas”, afirma.


Representando a Associação das Doceiras de Pelotas, Simone Maciel Bicca, empresária doceira, aponta que para as associadas a novidade de combinar os doces com os vinhos foi vista com bons olhos. “Não pensávamos na possibilidade de harmonizar o nosso produto com um outro produto, que tem tanto reconhecimento quanto os nossos doces. Esse é o primeiro passo de um trabalho que pretendemos que cresça muito. Agora é divulgar e colocar esse doce na rua, e essa parceria sem duvida colabora com isso”, completa.


O IFSul, através do Curso Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia, do Campus CAVG, é um dos apoiadores do projeto e quem aponta a relevância da parceria é a professora coordenadora do curso, Gisele Alves Nobre: “Do projeto piloto surgiu a ideia de expandir a iniciativa, e fazer com que fosse complementada a ideia de harmonização de doces com os vinhos da campanha. Atuando desde 2008, o curso estabeleceu essa parceria nasce pelo fato de o professor Maicon ser oriundo da instituição, e também pelo objetivo de divulgar os doces e as potencialidade de Pelotas, bem como o próprio curso que está próximo a uma região tão importante do setor de vitivinicultura que é a Campanha Gaúcha”, aponta.


Com objetivo de participar e fomentar o desenvolvimento de Pelotas e região, Câmara dos Dirigentes Lojistas também auxiliou a realização do projeto, que, segundo o Conselheiro Gestor da CDL, Ênio Lopes, certamente trará frutos para o município. “A CDL enxergou a iniciativa como uma grande oportunidade de divulgação. Esse casamento dos doces de Pelotas com os vinhos da campanha vem de encontro com o motivo da CDL, que é o desenvolvimento da nossa cidade e região, então não tinha como estar fora desse processo que vai criar um mercado novo, onde os doces de pelotas ganham com o vinho, e o vinho ganha com os doces”, aponta.


A Fenadoce também foi citada pelo conselheiro, que apontou novas oportunidades para a união dos produtos: “A Fenadoce também ganha, pois convidamos para que o vinho da campanha esteja junto com os doces de Pelotas lá na feira, em um espaço especial para essa nova etapa, que a CDL enxergou como algo que vai ser muito bom para nossa região, junto ao SEBRAE que esta alavancando essa grande ideia. Temos muito futuro com essa união”, conclui.


Unir a Costa Doce e a Campanha Gaúcha é também destaque para o turismo das duas regiões, como aponta Mariana Veiga, Chefe de Departamento de Eventos da Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação: “Para a SDETI é bastante importante esse momento, por que, além de valorizar o doce, um produto nosso, que foi  recentemente reconhecido como Patrimônio Imaterial Brasileiro, faz essa comunhão com o produto de outra região, que é o vinho da campanha. Temos então dois produtos regionais que se destacam, tanto no desenvolvimento do turismo, como da economia, e propõe essa integração entre as duas regiões turísticas, o que é muito importante”, finaliza.


Redator: Assessoria de Imprensa



Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Campanha Gaúcha e Costa Doce unidas: vinhos e doces são harmonizados pela primeira vez em Pelotas





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Campanha Gaúcha e Costa Doce unidas: vinhos e doces são harmonizados pela primeira vez em Pelotas


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados